Internos recebem certificação de concurso de redação nesta terça

7 de Maio de 2018

Cinquenta e três internos do sistema penitenciário serão certificados pela Secretaria da Justiça e Cidadania do Estado (Sejus) após participação no concurso de redação realizado pela Defensoria Pública da União (DPU). Os internos, alunos da Escola de Ensino Fundamental e Médio Aloisio Leo Arlindo Lorscheider que atende às unidades prisionais da RMF, inscreveram suas produções e receberão, na próxima terça (8), certificados de participação e prêmios para os melhores colocados. O concurso teve como tema “Mais direitos, menos grades”.

 

Os internos com redações aprovadas receberão remição de pena de um dia. O primeiro colocado receberá, além do certificado, um tablet – que será entregue aos familiares – e o segundo e o terceiro colocados receberão medalha de honra ao mérito pelo destaque na edição. A solenidade acontecerá no Centro de Execução Penal e Integração Social Vasco Damasceno Weyne (Cepis), na próxima terça-feira, às 10h, com a presença da secretária da Justiça e Cidadania, Socorro França.

 

A preparação foi viabilizada pelos professores da Escola Leo Lorscheider que, no período que antecedeu o concurso, realizaram oficinas de leitura e escrita. Além dos alunos do sistema penitenciário, participaram estudantes de escolas públicas e adolescentes em cumprimento de medidas socioeducativas. Ao todo, mais de seis mil redações foram inscritas.

 

O assessor educacional da Sejus, Rodrigo Moraes, destaca a importância da iniciativa e o incentivo da premiação aos internos: “Recebemos a notícia da premiação com grande satisfação, pois acreditamos que esse reconhecimento motiva os internos a continuarem dedicando tempo à leitura e ao estudo durante a privação de liberdade”, destaca.